21 maio 2018
O que é uma boa ideia de negócio?
O que é uma boa ideia de negócio?
António Lucena de Faria, Fundador e CEO da Fábrica de Startups

Todos os projetos empreendedores começam com uma ideia. Mas afinal o que é uma ideia de negócio? E como conseguimos descobrir se uma ideia é boa ou má, antes de avançarmos com o negócio?

Temos de começar com a definição do que é uma ideia de negócio. Para mim, é a conjugação de três coisas: (1) pessoas, (2) problema e (3) solução.

Pessoas

Uma ideia de negócio só faz sentido se for dirigida a um conjunto de pessoas ou de empresas, aquilo a que chamamos segmentos de mercado. Precisamos de conhecer bem as pessoas a quem iremos mais tarde prestar um serviço ou fornecer um produto, mesmo nos casos em que essas pessoas estão organizadas em empresas. Este conhecimento é muito importante na fase preliminar, altura em que devemos testar a ideia junto de algumas destas pessoas. É também essencial na fase em que, tendo decidido que a ideia de negócio é boa, avançamos com o projeto e iniciamos a comunicação com os nossos potenciais clientes.

Problema

O segundo componente é o problema que pretendemos resolver ou a necessidade que queremos satisfazer. Precisamos de entender quais as dificuldades com que os nossos clientes-alvo se deparam e que gostaríamos de ajudar a ultrapassar. Normalmente, estas dificuldades estão relacionadas com um ou mais dos seguintes fatores: tempo, dinheiro, qualidade, realização pessoal e valorização social. São situações que implicam mais tempo, mais dinheiro, menor qualidade, menor realização pessoal ou menor valorização social do que o que estas pessoas desejam. São situações que criam desconforto para as pessoas e que estas gostariam de diminuir ou mesmo eliminar.

Solução

O terceiro e último componente de uma ideia de negócio é a solução, isto é, a forma como iremos ajudar as pessoas dos segmentos de mercado selecionados, na situação concreta que escolhemos, a obter mais valor, ou seja, a necessitar de menos tempo, gastar menos dinheiro, conseguir mais qualidade, aumentar a realização pessoal e/ou conseguir uma maior valorização social, como resultado da utilização do nosso produto ou serviço.

A ordem dos componentes de uma ideia de negócio acima descrita não é arbitrária. As boas ideias de negócio começam com um segmento e um problema, e só depois de conhecermos ambos devemos passar à fase da descoberta da solução. Uma ideia que apenas consiste numa solução, sem o entendimento claro de quem são os clientes e sem haver uma descrição detalhada do problema que pretendemos solucionar, não é uma ideia de negócio.

Blog

Blog

15 Fev. 2018
Blog

O imobiliário vive dias felizes. Se 2017 foi um ano de recuperação e de crescimento, 2018 promete ser um ano de expansão e também de consolidação. Expansão para alguns segmentos de mercado e consolidação dos que cresceram no ano passado. Claro que com profissionais cada vez mais qualificados pois a concorrência assim o exige.

19 Abr. 2018
Blog

O conceito e aplicações da Inteligência Artificial (IA) estão a revolucionar a atualidade. Começando pelo reconhecimento de imagens, passando pelo reconhecimento e síntese de voz e culminando com o processamento de linguagem natural, estamos a viver um momento de democratização de ferramentas que asseguram que a IA deixou de ser um sonho e está a assumir-se como uma commodity.

16 maio 2018
Blog

Decorria o final da década de quarenta quando a já então gigante da publicidade McCann, decidiu abrir uma agência pequena que pudesse trazer inovação ao negócio já instalado da publicidade. Os mercados de vendedores centrados na explicita apresentação das características dos produtos estavam prestes a mudar.

28 maio 2018
Blog

As Startups estão na ordem do dia, até pela crescente vaga de empreendedorismo que tem surgido, muito fomentada pelas universidades.

04 Jun. 2018
Blog

Reputação: a pergunta já não é se tem boa imprensa, mas se tem bom Google.

Ver Tudo

Newsletter

Receba as novidades do Business Accelerator!