28 maio 2018
Financiamento para Startups
Financiamento para Startups
Carlos Santos Lima, Diretor Coordenador, Santander Totta
A responsabilidade
do Banco é ajudar em fazer a empresa crescer de forma sustentável

As Startups estão na ordem do dia, até pela crescente vaga de empreendedorismo que tem surgido, muito fomentada pelas universidades.

Estas novas empresas, surgem com base em boas ideias que acabam por vingar, e carecer do normal apoio bancário para desenvolvimento da sua atividade, a nível de serviços de pagamentos, gestão de tesouraria, ou apoio ao investimento mais estrutural.

O Santander, pauta por ser um Banco ligado às universidades e ao empreendedorismo, dando apoio na criação de muitas dessas empresas.

O apoio necessário não passa necessariamente pelo convencional financiamento, mas sim pelo apoio não financeiro, como a formação, a disponibilização de estagiários, bem como a ajuda na identificação das melhores soluções financeiras para as necessidades da empresa, que pode passar por um simples factoring para a cobrança de faturas (com ou sem adiantamento), como pelo empréstimo mais de médio e longo prazo, adaptado à capacidade de geração de cash flow da empresa.

A responsabilidade do Banco é ajudar em fazer a empresa crescer de forma sustentável e não fomentar o sobre-endividamento, ou até mesmo o endividamento desnecessário.

Nunca o financiamento bancário pode substituir os capitais próprios, devendo ser encarado antes como uma forma supletiva de obter os meios para desenvolvimento das empresas. Os Bancos tendem a avaliar as propostas de financiamento a partir da capacidade financeira já detida pelos empreendimentos, ou pelos sócios que a compõem, sendo a rentabilidade dos capitais próprios e a geração de cash-flow fundamentais na análise dos projetos.

Muito se fala em relação ao “não apoio” dos Bancos às startups, o que não reflete a realidade. Há sim a necessidade de adaptar o apoio, à empresa em si e a sua estrutura acionista, afim de fomentar um crescimento sustentado, de forma a que uma boa ideia, não se transforme numa empresa sobre endividada hipotecando as suas hipóteses de evolução por ter tido um inicio demasiado alavancado em dívida.

Há várias linhas desenvolvidas pelo Governo incluídas no programa Startup Portugal, que funcionam como uma alternativa complementar ao apoio bancário.

O Santander está presente no apoio as startups, nas várias vertentes das necessidades com o objetivo de ajudar no seu crescimento consistente e sustentável.

Blog

Blog

15 Fev. 2018
Blog

O imobiliário vive dias felizes. Se 2017 foi um ano de recuperação e de crescimento, 2018 promete ser um ano de expansão e também de consolidação. Expansão para alguns segmentos de mercado e consolidação dos que cresceram no ano passado. Claro que com profissionais cada vez mais qualificados pois a concorrência assim o exige.

19 Abr. 2018
Blog

O conceito e aplicações da Inteligência Artificial (IA) estão a revolucionar a atualidade. Começando pelo reconhecimento de imagens, passando pelo reconhecimento e síntese de voz e culminando com o processamento de linguagem natural, estamos a viver um momento de democratização de ferramentas que asseguram que a IA deixou de ser um sonho e está a assumir-se como uma commodity.

21 maio 2018
Blog

Todos os projetos empreendedores começam com uma ideia. Mas afinal o que é uma ideia de negócio? E como conseguimos descobrir se uma ideia é boa ou má, antes de avançarmos com o negócio?

16 maio 2018
Blog

Decorria o final da década de quarenta quando a já então gigante da publicidade McCann, decidiu abrir uma agência pequena que pudesse trazer inovação ao negócio já instalado da publicidade. Os mercados de vendedores centrados na explicita apresentação das características dos produtos estavam prestes a mudar.

04 Jun. 2018
Blog

Reputação: a pergunta já não é se tem boa imprensa, mas se tem bom Google.

Ver Tudo

Newsletter

Receba as novidades do Business Accelerator!